Pages Navigation Menu

Funcionalidade e requinte na Pissani & Champanheria

Foto: Rogério Maranhão

Foto: Rogério Maranhão

O projeto da Pissani & Champanheria da Casa Cor Alagoas 2015 precisava refletir o conceito do desafio com um perfil dinâmico e prático, já que sua funcionalidade é fundamental e constante para o desenvolvimento do mesmo. A intervenção do espaço foi integrada de forma arrojada e sofisticada. Mobiliário rico, e tecidos exclusivos compõem a ideia de um grande lounge onde as pessoas se sentem leves e determinadas. O misto de franquia de massas gourmet e champanheria, causa impacto pela entrada austera do túnel sombrio e lúdico, tendo assim uma visibilidade superficial até o uso do espaço de fato. Os arquitetos Alex Leite, Fernanda Rego Mascarenhas e Lula Santana criaram os três perfis profissionais: arquitetura, iluminação e Decor. Nessa sequência, foram evidenciados pontos e sinalizada a forma concreta de ser e habitar, dentro da diversidade de celebrar os gestos e as formas.

A injeção de cores e tons tonaliza de forma clara: harmonia e equilíbrio marcante na evolução da percepção do espaço. Um layout reto e orgânico em função da coberta já existente e por elementos artísticos que invadem a trama aérea, alucina o teor e o sabor de estar ali.

A pureza das formas e a elegância atemporal foi concebida em ponto a ideia do savoir-faire. Um imenso jardim vertical e o Kokedama (jardim com bolas de musgo); se destacam com espécies silvestres que de fato expõem sua beleza. Agitando as formas e os elementos: espelhos e vidros refletem emoção e expressão. Em contrapartida o uso do concreto impacta através do uso de revestimentos pré-moldados. O uso do concreto como utilizado e aplicado de formas diversificadas no espaço. Uma verdadeira e emocionante brincadeira que resulta estilo e versatilidade constante. Por fim, um ambiente com itens de design expressivos e um bom aproveitamento de iluminação.