Pages Navigation Menu

Suíte da Jovem Estilista homenageia Vera Arruda

Foto: Rogério Maranhão

Foto: Rogério Maranhão

Traduzir o estilo da estilista Vera Arruda (1966/2004), ícone da moda alagoana, para a decoração da Suíte da Jovem Estilista na Casa Cor Alagoas 2015, foi o desafio das arquitetas Ana Luiza Menezes e Fernanda Amaral. Cores, artesanato, feminilidade, exuberância e ousadia. Indo na contramão do óbvio, as paredes não foram coloridas, como esperado. O estilo de Vera foi colocado de forma mais subjetiva. A simplicidade de sua matéria-prima, como a linha de crochê, as miçangas, e a tão desvalorizada xita foram retratados no ambiente através do uso de argamassa crua para banhar as paredes e cimento queimado no chão. Escolhas com acabamento totalmente rústico e inusitado por se tratar de um quarto.

A simplicidade de matéria-prima fazia contraponto a tecidos nobres, cristais e pedrarias, onde o resultado eram peças com uma riqueza estética diferenciada. Essa mistura estava presente na maior parte de suas criações. Para retratar uma atmosfera rústica, mas ao mesmo tempo sofisticada na decoração, as arquitetas optaram pelo dourado, presente no painel de cabeceira, nas persianas e no pendente Bengala, La Lampe. O brilho e exuberância do dourado enaltece a rusticidade do cimento, resultando em uma mistura totalmente singular e original, características muito fortes da estilista. O painel de cabeceira lembra o metal, das correntes tão utilizadas nas produções de roupas e bijuterias de sua marca, mas feito com um material de simples acesso e baixo custo, o MDF.

No closet, por pertencer a uma estilista, o conceito escolhido era dar ares de loja ao ambiente, e destacar as verdadeiras protagonistas do espaço, peças da marca Vera Arruda e Adriana Arruda, irmã de Vera que continuou seu legado.  As arquitetas saíram do comum e optaram pelo uso do acrílico. Os closets criados valorizam as cores e dão mais destaque às peças ali expostas. A poltrona é abraçada pela manta em animal print, e contracena com os bowls de madeira do artesão alagoano Petrônio. Para arrematar a produção do espaço, puff de capitonê na cor azul Tiffany.

No mobiliário, exemplares alagoanos com os bancos de raízes, galhos retorcidos e troncos de árvore do mestre-artesão Fernando Rodrigues dos Santos (1928-2009), mais conhecido com seu Fernando da Ilha do Ferro. Ao lado deste, banco de Valmir Lima, herdeiro da oficina de Fernando, seu sogro. O balanço Ajuá, do designer Rodrigo Ambrósio, feito em bloco único de jaqueira tombada, peça exclusiva inspirada na singularidade da Jaca. O balanço nasceu de uma parceria do designer com o mestre artesão André da Marinheira de Boca da Mata. Na composição das paredes temos mais artistas alagoanos, como o quadro feito pelo arquiteto Osvaldo Tenório, a fotografia de Luisa Patury, Chuva de cores, e em destaque o quadro feito pela irmã de Vera, a também estilista Adriana Arruda, especialmente para o espaço. Adriana conseguiu resumir com maestria as características, o estilo, a vida e a alegria tão conhecida da nossa homenageada, emocionando a todos que o veem.

Ousadia e exagero são as palavras que definem o banheiro. Uma overdose de referências da estilista como a estampa de onça, tão utilizada em suas roupas, aplicada em paredes e teto, contracenando com o dourado dos metais e acessórios, ébano fosco das louças e com o lustre totalmente personalizado pela designer Soraya Farias, fugindo totalmente do conceito convencional de um banheiro. Vera gostava de tornar as mulheres em rainhas, por isso à feminilidade personifica o ambiente como um todo nos mínimos detalhes. É dessa forma que as arquitetas resumem essa pequena homenagem perto da grandiosidade que Vera Arruda foi para a moda brasileira. Uma mulher que gostava de misturar o simples ao sofisticado, fazendo algo totalmente autoral e atemporal.

Foto: Rogério Maranhão

Foto: Rogério Maranhão

Casa Cor Alagoas 2015
Período: de 9 de outubro a 29 de novembro,
Horário: de terça a domingo, das 16 às 22 horas
Local: Parque Shopping Maceió – Av. Comendador Gustavo Paiva, 5.945, Cruz das Almas –  Maceió (AL)